Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009
Carta de desamor, de Nuno Ramos

 Cinzentos são os meus dias, cinzento é o céu que me cobre, cinzento é a cor da alma macerada que me amortalha! Cinzento só e apenas cinzento!

É a manhã que teima em não brilhar! A tarde escura e desesperançada! A noite prenhe de estrelas turbulentas de angústia!

Como é que se muda de cor? Mesmo para branco e preto, como é que se muda?

Basta querer? E como é que se quer, quando o cinzento é a cor preferida da alma?

Espera-se pelo sol na alma? Aceita-se o cinzento? Tolera-se o cinzento? Espera-se com esperança sem tempo?

E como é que cheguei aqui? Que passos transviados aqui me conduziram?

E, no entanto, sobrevivo! O sangue corre nas minhas veias!

E chega sobreviver? E a vida vivida, para onde foi? E a alma? E o sol? E o desejo? E o amor?

Olho sem ver, ouço sem ouvir, toco sem sentir!

Até quando? Até onde?

De onde venho? Para onde vou? O que fiz, sem fazer? O que sinto sem sentir? O que desejo sem querer?

Quem me pintou de cinzento? Ou deixei-me pintar?

De que serve o cinzento, quando a pele me é estranha?

Porque triunfou a desconfiança?

Podia ter sido diferente?

Porquê perguntar todas as perguntas do mundo?

Tive-te sem te ter, tiveste-me sem me ter! De que valeu?

Se valeu, não vale!

Não voltes! Não serás bem vinda! Não te quero!

Não quero a raiva! Não quero a ira! Não quero o desengano! Não quero a tristeza!

Quero a paz, a luz, a alegria, a pureza!

Quero a minha alma!

Quero a minha vida!

Quero o sonho!

Quero o amor!

E basta querer?

E como é que se quer?

E, no entanto, sobrevivo! O sangue corre nas minhas veias!

Será que ainda poderei ver, ouvir, sentir?

Será que a paz, a luz, a alegria, a pureza, a alma, a vida, o sonho, o amor, todos juntos, poderão estar mesmo aqui ao meu lado, à espreita, à espera de um sinal?

Não voltes! Não serás bem vinda! Não te quero!

Não quero a raiva! Não quero a ira! Não quero o desengano! Não quero a tristeza!

Se valeu, não vale!



publicado por Perplexo às 12:03
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds