Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Terça-feira, 17 de Março de 2009
Décimo primeiro curso de Escrita Criativa

O décimo primeiro curso de escrita criativa começou a 12 de Maio e termina a 23 de Junho.

Os autores convidados foram Pedro Paixão, Manuela Gonzaga, Alice Vieira e Patrícia Reis.



publicado por Perplexo às 01:14
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Cláudia Oliveira a 30 de Abril de 2009 às 10:30
Inscrevi-me, só espero entrar


De OPTD a 21 de Maio de 2009 às 17:26
Impressões de Leitura de Antes de Começar de Almada Negreiros

Reli há pouco tempo a pequenina peça de Almada Negreiros, estranhamente chamada Antes de Começar.
A peça tem apenas duas personagens: o Boneco (curioso e despachado, de início) e a Boneca, tímida e cautelosa.
Os dois têm uma conversa no que descobrimos ser o palco de um teatro. Primeiro, sobre aquilo que conseguem fazer, sendo bonecos, como falar, andar; depois, sobre o que conseguem sentir, já que têm coração!
As duas marionetas (?) temem, sobretudo, que o Homem e família descubram que o Boneco e a Boneca conseguem mexer-se, pensar, sentir e evitam sair da posição em que são deixados para não haver a mais frágil suspeita das suas capacidades.
Na conversa que as duas personagens têm, ficamos também a conhecer a história da criação dos dois, saídos das mãos e do Amor de Ela, que porque os fez com tanto Amor lhes deu também um Coração.
A «peça» termina com o regresso do Homem, acompanhado de um grupo de crianças que vêm assistir a uma peça de teatro, subindo um outro pano de cena nas costas das personagens. A peça verdadeira, é a que começa para as crianças, sendo aquela a que assistimos apenas uma conversa antes de começar a Peça.
O texto é simples, despojado de grandes artifícios literários, mas ao mesmo tempo denso e profundo. Um jovem poderá ver nele apenas uma conversa entre dois bonecos, mas um adulto poderá ler um texto que fala dos Homens através dos Bonecos, da procura do nosso papel no grande palco da vida que é o mundo.
Aconselho a leitura, mas também a representação, até porque os textos teatrais só vivem quando saem do papel.
José Miranda
Maio 2009


De OPTD a 14 de Junho de 2009 às 23:01
Lisboa, 14 de Junho de 2009
****,
Era inevitável escrever-te estas linhas. Pelo menos para mim.
Desculpa-me se não tas digo olhos nos olhos, mas não consigo, talvez por vergonha, talvez por cobardia, talvez por medo da tua reacção.
Sempre pensei que tínhamos tudo para ser felizes juntos, mas acho que nunca quis ver o que estava à minha frente.
Somos muito diferentes, queremos e gostamos de coisas tão irreconciliáveis, que quase me parece uma ilusão aquilo que chegámos a viver.
No fundo, tenho muito pouco para te dizer. É como aquele poema, «já gastámos as palavras…»
E no entanto, tanto fica por cumprir entre os dois, tanto por dizer, tanto para viver.
Tenho pena que nunca saibamos como poderia ter sido, mas, neste momento, acho que não podemos fingir que nada disto que temos se aproxima do que quisemos ter e a certeza disto é dolorosa e tremenda, incomoda e perturba.
Não consigo prolongar mais este sofrimento, que acaba por ser aquilo que mais fortemente nos une, por isso espero que consigamos seguir o nosso próprio caminho, sozinhos, sem raivas, nem mais mágoas do que as que já carregamos.
Nunca imaginei este momento, nem o desejei, mas compreendo agora que é o melhor a fazer.
Não te desejo, falsamente, as felicidades que não vejo agora também para mim, espero só que daqui por muito tempo, possamos olhar para estas palavras como algo de necessário e bom.
Adeus, meu amor. JM


Comentar post

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds