Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008
Quem tramou o Europa?



O Sr. Antunes de Lisboa afirmava ter visto um objecto voador a estonteante velocidade lá para os lados da Fonte da Telha. O fantástico veículo, depois de ter efectuado umas piruetas malucas no céu, mergulhou no mar sem deixar rasto. Em 1972, ver estas coisas perto duma base da NATO levantava bastantes suspeitas. Foi por isso que o levaram num Mercedes cinzento para uma casa em Algés onde lhe fizeram muitas perguntas. No canto da sala, oculto na sombra do candeeiro, um agente da CIA escutava atentamente a conversa. Floyd, nascera no Colorado e depois de ingressar nos serviços secretos, escolhera Espanha para fazer ninho, pois segundo ele, era o único país da Europa que ainda estava livre de comunistas. Sonhava com sevilhanas e sangria. Planeou tudo ao pormenor, só que se esqueceu que Lisboa não era a capital do salero mas antes a sede do fado. Depois de arribar a terras lusas os superiores já não aceitaram o pedido de transferência. Floyd, viu nas observações do Sr. Antunes um novo submarino voador dos sovietes e no relatório que escreveu para a sede a almejada possibilidade de migração para a Meseta Central. Passadas algumas semanas o Sr. Antunes foi abordado na esplanada do Canas em Campo de Ourique pelo homem do Colorado, que a troco dum terreno na Fonte da Telha o convenceu a trabalhar para a agência. Construiu a sua casita na praia e Floyd instalou-lhe um observatório secreto no sótão. Os anos passaram, a ficha do Antunes ficou a acumular pó nos arquivos de Langley, e Floyd lá conseguiu a transferência para Madrid onde viria anos mais tarde a falecer de cirrose. Soube-se depois que nunca foi ao Prado. Finalmente em 1981, Reagan coordenou uma operação ultra-secreta com o intuito de destruir por completo o poderio militar e político da Europa ocidental. Esperava que a União Soviética aproveitasse o facto para intervir militarmente, legitimando a posterior reacção americana. Para não levantar suspeitas, a CIA resolveu chamar os seus agentes inactivos. Foi assim que o Sr. Antunes recebeu aquela mensagem codificada no sótão da Fonte da Telha. O epílogo era claro: “eliminate Europe”. Trabalhando na Repartição de Finanças do 2º Bairro Fiscal de Lisboa, Antunes dedicou-se a fundo à sua tarefa e dois meses depois tinha pronto o auto que originou o fecho do famoso cinema Europa em Campo de Ourique. Reagan teve conhecimento da mensagem do agente português, mas nem ele nem ninguém da agência a entendeu por completo. Consta que pouco antes de morrer, o ex-presidente americano pronunciou baixinho o nome do Antunes, mas todos pensaram tratar-se de Al Zheimer, o famigerado terrorista.




 



publicado por Perplexo às 23:49
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds