Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009
Carta de desamor, de Manuela Brioso

 Caro ex – Moulinex

 

Gostei de ti assim que te vi!

 Eras o mais bonito micro-ondas daquela loja, branco, muito brilhante, formas arredondadas, logótipo da marca de cor vermelha mas muito discreto … achei logo que ficarias na perfeição na bancada da cozinha. Mas, o mais relevante, as tuas funcionalidades que eram excelentes, micro-ondas e forno convencional, que permitiria realizar diversas refeições, desde as mais simples às mais sofisticadas, com grande rapidez e eficácia. Tudo isto explicitado pelo vendedor e complementado com documentos de apoio ao utilizador: livro de instruções, livro de receitas, participação em curso de culinária, vídeo (ainda VHS), com demonstração a par e passo de maravilhosas receitas. Fiquei encantada, apesar do preço que tive de pagar, já que, com tudo isto, também eras o mais oneroso micro-ondas da loja!

 

As enormes expectativas criadas não foram goradas pois, durante alguns anos, foste uma inequívoca ajuda nas minhas tarefas domésticas e centro dos maiores elogios. Contigo fazia tudo (ou quase) o que se podia fazer na cozinha, desde descongelar alimentos a fazer assados e confeccionar sobremesas. Contigo fazia as delícias da família e dos amigos que ficavam muito admirados com a utilização de todas as tuas potencialidades! Os amigos (ou antes as amigas, pois na minha geração ainda há uma divisão sexual do trabalho) ficavam enlevados com os resultados apresentados dos menus micro-ondas. Contigo partilhava estes sucessos nunca esquecendo de te enaltecer e valorizar as tuas enormes capacidades.

 

Mais tarde, para te fazer companhia e potenciar a eficácia nas azáfamas domésticas, já que não é fácil conciliar profissão exigente e família com aquelas tarefas, adquiri um robot de cozinha – “a Bimby” que, em meu entender, ficava lindamente ao teu lado e complementava o teu trabalho! Pensei que ficasses feliz com esta companhia tão agradável! Mas não! Muito pelo contrário. Como forma de protesto apresentaste uma avaria logo no dia seguinte à sua aquisição. Fiquei desolada e levei-te, muito preocupada, à empresa de reparação onde tiveste três intermináveis dias … não sabíamos viver sem ti – todos demos pela tua falta, as crianças, o marido e em especial eu.  Quando regressaste foi um enorme contentamento Mas tu já não vinhas igual, tinhas perdido a alegria de outrora e ou não trabalhavas ou aquecias em excesso. O que antes saía perfeito agora saía estragado. O que se passava? Já não eras o mesmo? Estavas com ciúme? A “Bimby” não te iria nunca substituir, seria antes a tua companheira e, ambos, poderiam complementar o apoio na cozinha. Mas não, tu desististe, várias avarias seguidas e, por fim, já não havia peças para te substituir … Ficaste na loja de reparação passaste a ser tu utilizado para repor peças em outros micro-ondas.

 

Fiquei muito zangada contigo!

Agora, comprei outro micro-ondas que não se dá nada mal com a Bimby.



publicado por Perplexo às 12:31
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds