Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Terça-feira, 24 de Outubro de 2006
Estou farta do teu domínio
"Carta de desamor" de Cecília Duarte

Estou farta do teu domínio. Invades-me a casa, o carro, a roupa e até o meu corpo. Quando não tenho, e se vou para algum lado estou sempre a ver se alguém te usa ou se apareces na mão de uma pessoa a quem te possa pedir. Se não te vejo reviro a cabeça em todos os sentidos a ver se encontro o teu cheiro. São sempre longas e angustiantes as horas que passo sem ti e quando sei que daí é possível comprar-te, sinto um alívio enorme pela proximidade desse encontro. Começo então a respirar fundo e a pensar – seria possível continuar sem te ter? Como faria eu isso? Como ultrapassaria este momento se não tivesse dinheiro para te conseguir? – Sim, se não tivesse dinheiro, se ninguém me emprestasse, como te compraria eu? – Ufa! momentos de quase desprezo pela força que não consigo.


Quando me vejo em fotos antigas e estou contigo, penso que parva que eu fui, que parva que eu sou e não sei quando vou deixar de o ser. .


Já me contaram várias artimanhas para te deixar e que funcionaram com outras pessoas. Mas comigo ainda não. Umas fazem-me mal ao estômago e outras mais parecem monstros de ajuda de destruição celular. .


Contrariando alguém - que diz que - as mulheres estão sempre a dizer que não lhe dão atenção nenhuma – eu digo-te: ligas-me demais! Sonho com o dia em que vou poder dizer que não te tenho há quatro dias, há 1 mês ou mesmo há três anos. .


As pessoas que não te usam às vezes cheiram bem, outras tresandam a naftalina, cânfora ou águas-de-colónia, que de tão moda serem, tem que se estar a falar com elas a um metro de distância. Mas sinto muita inveja quando falo com alguém cujo hálito só cheira a café acabado de tomar, mas principalmente apraz-me esse cheiro porque não tem o teu odor misturado. .


O Mal, para não dizer outra coisa, é que adoro partilhar-te com as minhas amigas, quando saímos de um sítio em que tu eras proibido. .


Vai-te embora, desaparece tu que já tiveste tantos nomes como português suave, kentucky, SG, marlboro, la paz, e Slims por influência da musa Sofia.



publicado por Perplexo às 11:54
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds