Forum dos alunos do Curso de Escrita Criativa do El Corte Inglés
Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006
Vagabundos. Epílogo - hipótese 2, para os menos românticos...

Ela foi enviada para uma solitária em Sintra. Ele, desterrado para Pinheiro da Cruz. Fugiu ao encontro da mulher amada, aproveitando uma noite de monumental bebedeira futebolística entre os guardas e só parou em Lisboa. Ainda tinha mais um dia de caminhada até Sintra... entrou num bar do Cais do Sodré para matar a sede e a fome. Uma puta desafiou-o. Não teve forças para resistir-lhe. Ela roubou-o e, como se não bastasse, um conhecido advogado de extrema direita,  chocado com o gasto supérfluo, denunciou-o.


A mulher veio a saber da traição poucos dias depois, em entrevista transmitida em directo, a um fotogénico  Professor Universitário, preocupado com o estado desta nação. O Correio da Manhã quis entrevistá-la. Imolou-se com o jornal. Levaram-na para a Unidade de Queimados, onde mordeu a mão da enfermeira que a segurava e castrou o médico a pontapés. Conseguiu fugir do hospital com o cabelo ainda em chamas. Atirou-se ao mar do Guincho às 16:48 h do dia 22 de Novembro. Diz quem a viu que, numa das mãos, segurava um boneco de trapos pelo pescoço.


E ele? Na berma da IC19, portanto, ainda na Grande Lisboa, morreu de morte súbita em plena hora de ponta. Mas parece que todas as horas são de ponta na IC19, pelo que não se pode inferir que tenha sido  causada por engarrafamento.


No dia seguinte, os quintanistas leram no relatório da autópsia: dia e hora da morte - 22 de Novembro, pelas 16:48 h; causa - asfixia por estrangulamento.


O mar do Guincho passou a ser conhecido por ter poentes de cor vermelho-fogo.


Miriam



 


               



publicado por Perplexo às 00:09
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Lançamento de livro de al...

13º Curso de Escrita Cria...

"Um livro pouco Important...

Décimo segundo curso de E...

"Antes de começar", e Alm...

Carta de desamor, de Nuno...

Carta de desamor, de Ana ...

Carta de desamor, de S. M...

"A Saga de um Pensador", ...

Carta de desamor, de Manu...

arquivos

Abril 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds